Mensagens indesejadas

Mensagens indesejadas são algo que todos nós experimentaremos a qualquer altura da nossa vida. Podem vir através de email, telefone ou através das redes sociais. As redes sociais em particular, são bastante propensas a este tipo de mensagem, especialmente o Facebook, mas não esperamos receber mensagens indesejadas no LinkedIn, contudo, isso acontece.

O LinkedIn é uma rede social de boa reputação. Aqueles que a utilizam desejam mostrar as suas capacidades profissionais e utilizam-na apenas para fins profissionais. Isto é o que a maioria de nós pensa. Há algum tempo atrás, li o comentário de uma utilizadora do LinkedIn queixando-se de receber mensagens indesejadas no LinkedIn. Fiquei bastante surpresa tal como estava também a outra pessoa, a qual também nunca tinha pensado que tal pudesse acontecer. Nas últimas 2 semanas aconteceu comigo.

Como acontece

No meu caso, começou com um pedido para fazer parte da minha rede de contactos. À priori parecia um perfil perfeitamente normal e eu aceitei o pedido. Depois, recebi uma mensagem privada e foi aí que percebi do que se tratava. A pessoa atá pediu desculpa por estar a usar o LinkedIn como site amoroso. Eu não respondi e bloqueei aquele utilizador imediatamente.     

Dois dias mais tarde, mais um pedido, de outra pessoa. A mesma situação, o perfil parecia normal e eu aceitei. Poucos segundos depois, a pessoa começou a falar comigo pelo chat. A conversa era no mínimo ridícula. Perguntou-me o meu nome e de onde era. Toda essa informação está disponível no meu perfil. No dia seguinte, uma terceira pessoa. Mas desta vez percebi logo que se tratava da mesma coisa.

O que poderá ser

Vêm à mente várias ideias para possíveis razões para tais mensagens. Primeiro, podem parecer mais um caso de assédio nas redes sociais. Contudo, podem ser algo muito diferente. Podem ser o típico esquema “catfish”. Um esquema “catfish” é quando alguém cria uma identidade fictícia para si, nas redes sociais com a finalidade de abusar, iludir ou defraudar as suas vítimas. O tipo de esquema “catfish” mais comum é o “catfish” romântico. Onde o criminoso cria um perfil para atrair as suas vítimas e seduzi-las para que se apaixonem por este, e assim possa começar a pedir-lhes dinheiro. Muitas vítimas inocentes já caíram neste tipo de esquema. Outros viram a sua identidade roubada e utilizada neste tipo de esquema.

Temos de estar atentos a isto, e se acreditarmos que estamos a ser alvo de um destes criminosos, devemos fazer queixa à rede social onde ocorreu, e se persistir, devemos contactar a polícia.