Acreditação vs Certificação

Acreditação vs Certificação. Qual a diferença entre ambas e qual possui as melhores qualificações? Estas são duas questões que, nos últimos tempos, dou por mim a responder frequentemente.

Em 2017, a NAATI introduziu o seu Programa de Certificação e descontinuou o antigo Sistema de Acreditação. Esta medida foi bem-vinda para muitos profissionais, como eu, mas também foi muito criticada por outros. Neste artigo, tentarei explicar esta mudança, as diferenças entre os dois sistemas, as qualificações que ambos possuem, para que seja mais fácil para si entender os sistemas e estar mais bem equipado e informado para escolher os seus profissionais linguísticos, na Austrália.

Um pouco de história

A NAATI começou com um Sistema de acreditação vitalício. Os profissionais que iniciaram as suas carreiras nessa altura, obtiveram uma acreditação vitalícia da NAATI. Isto significa que não necessitam de renovar as suas licenças; o seu carimbo será válido por toda a sua carreira.

Mais tarde, a NAATI efectuou algumas alterações a este Sistema. Era óbvio que o Desenvolvimento Profissional era importante e para ter uma licença da NAATI era necessário provar o seu empenho pelo trabalho. Por isso, novos membros obteriam uma Acreditação de 3 anos. Teriam de fornecer à NAATI provas das suas qualificações e ao renovar a sua acreditação teriam de preencher um diário de actividades, com o número de palavras traduzidas nesse ciclo de 3 anos, as actividades de Desenvolvimento Profissional que fizeram, entre outros requisitos. Quando obtive a minha Acreditação da NAATI, já fiz parte deste ciclo de 3 anos. Contudo, na altura, a NAATI ofereceu aos profissionais existentes a opção de transitar para o novo sistema, ou manter a sua antiga acreditação vitalícia. Portanto, basicamente, tínhamos todos a mesma acreditação, mas alguns de nós tinham que pagar de 3 em 3 anos, para provar as nossas capacidades, enquanto outros simplesmente continuavam a trabalhar normalmente.

Em 2017, a NAATI decidiu mudar novamente, mas desta vez fazê-lo igualmente para todos. Nascia assim o novo Programa de Certificação. Todos os profissionais existentes foram informados do novo sistema e foi-lhes dada a oportunidade de Transitar para a Certificação, sem quaisquer custos, até 31 de Dezembro de 2019. Portanto, isto significava que se possuíssemos uma acreditação válida, podíamos submeter a candidatura e transitar para o novo Programa de Certificação. Este programa entraria em vigor a partir do dia 1 de Janeiro de 2018. Eu sou Tradutora Certificada desde essa data. Contudo, e ao contrário do que aconteceu na mudança anterior, o antigo sistema de acreditação já não estará em utilização e acabará por ser descontinuado.

Tivemos 2 anos para transitar para o novo Sistema, e, aqueles que não o tenham feito, manterão a sua acreditação válida até esta expirar. Quando isso acontecer, não poderão renová-la e terão de se candidatar à Certificação. Aqueles que possuem a antiga acreditação vitalícia poderão mantê-la, todavia, o seu nome não aparecerá na directoria da NAATI e já não serão preferidos por empresas e agências governamentais na Austrália.

Qual a diferença entre acreditação e certificação?

Basicamente, as diferenças entre os dois sistemas são as regras e requisitos necessários para ser aceite no novo sistema. A NAATI tem vindo a trabalhar para elevar as níveis de qualidade no nosso sector e, eu acredito vivamente, que o novo sistema é um passo em direcção a esse objectivo.       

Todos os Tradutores Certificados têm de provar à NAATI que se encontram a trabalhar continuamente para o seu desenvolvimento profissional, participam no sector e trabalham activamente como tradutores. Não existem certificações vitalícias.      

Quais são os mais bem qualificados?

Em ambos os sistemas existem profissionais altamente qualificados. O facto de que alguns colegas possuem uma acreditação vitalícia, não significa que sejam menos qualificados do que aqueles que a renovam. Não se trata de ter qualificações per se, mas sim possuir altos níveis de qualidade e assegurar-se de que evolui com os tempos. Foi por isso que todos tivemos a oportunidade de transitar para o novo sistema, sem quaisquer custos.  

O sistema é melhor para os clientes?

Na minha opinião, isto é muito melhor para os clientes e pata nós também. Com o novo Sistema de Certificação, temos de estar sempre no topo das nossas capacidades, senão não teremos as nossas licenças renovadas.  Daí que, para os clientes, isto significa que quando procuram por um tradutor na directoria da NAATI, têm a certeza que vão encontrar uma pessoa altamente qualificada e que deu provas da sua qualidade e empenho perante a profissão. Por isso, ganhamos todos.

Como podemos distingui-los?

O novo Programa de Certificação trouxe também novos carimbos. No Sistema de Acreditação, os carimbos eram redondos, para Tradutores Certificados estes são quadrados, por isso, esta é uma forma de distinguir ambos os sistemas. Para além disso, o próprio carimbo especifica o tipo de licença do profissional. Os antigos carimbos especificavam “Acreditação” e os novos carimbos especificam “Tradutor Certificado”. Por isso é bastante simples distinguí-los.

Portanto, quando estiver a escolher o seu próximo profissional linguista na Austrália, tenha isto em consideração.