Segurança online

A segurança online é um assunto muito popula,r na sociedade de hoje. Quase tudo o que fazemos é online, desde enviar documentos, a partilhar as fotos dos nossos filhos. Pode ser perigoso, porque pode ser roubado e utilizado em todo o tipo de actividade criminosa. Como tradutores, precisamos de enviar documentos aos nossos clientes, esta é a forma como conduzimos a nossa actividade comercial, mas temos de estar cientes do que podemos e não podemos, ou não devemos enviar online e que informação acerca de nós devemos fornecer. 

Perfis Profissionais

Tenho sempre muito cuidado com o que partilho online. Como tradutores, necessitamos de partilhar muita informação, para mostrar aos clientes quem somos, as nossas qualificações e os serviços que prestamos. Eu estou ciente disso e quando estabeleço o meu perfil profissional, escolho sempre muito cuidadosamente o que lá ponho. Eu quero que os meus clientes saibam quem sou e o que faço, mas não quero a minha provacidade invadida ou a identidade roubada. Eu forneço informação suficiente, para que os meus clientes saibam acerca de mim e dos meus serviços, mas não forneço informação pessoal ou financeira, que possa ser furtada. Não partilho fotos do meu carimbo da NAATI, nem o meu CV. Os meus clientes podem verificar as minhas qualificações, nas directorias das associações às quais estou afiliada e, se requererem o meu CV, este poderá ser providenciado mediante pedido.    

Tradução Certificada

Eu nunca envio cópias digitais de traduções certificadas que faça. Estes documentos possuem o meu carimbo da NAATI e assinatura, que podem ser copiados e a minha identidade roubada. Alguns clientes podem perguntar porque não posso enviar a tradução por email, mas eu não posso fazê-lo, por razões de segurança. Ainda, uma tradução certificada é um documento oficial, que possui o carimbo e assinatura da pessoa que certifica a sua autenticidade, se esse documento for para ser apresentado a uma autoridade, como parte de uma candidatura, essa autoridade pedirá certamente o original.

Para este serviço, normalmente envio o documento através da Australia Post Express ou DHL, para clientes internacionais. Antes da COVID-19, se um cliente vivesse perto do meu escritório, este poderiam vir buscar os seus documentos, e assim não teria de pagar custos de envio. Era muito bom, pois dava-me a oportunidade de conhecer os meus clientes cara a cara. Infelizmente, devido à COVID-19, esta opção já não se encontra disponível.

Infelizmente, muitos tradutores têm a sua identidade furtada por criminosos, que copiam os seus CVs e se fazem passar por esses tradutores. Daí que necessitemos de ser muito cuidadosos e apenas providenciar a informação necessária a conduzir a nossa actividade comercial em segurança.