O que são Fake News?

O que são Fake News? Quase todos os dias somos bombardeados com esta expressão. Por vezes utilizada para atacar um oponente, outras vezes para descrever determinados tipos de conteúdo publicados nos meios de comunicação social e online. Todos podemos certamente dizer, que temos uma ideia do seja e que estamos todos cansados da sua utilização excessiva.

Como começou?

Se procurarmos, encontraremos Fake News em quase todos os períodos da História. Pode ir tão longe como o Império Romano.

Em 2016, foi espalhada muita desinformação em redes sociais, como o Facebook. De acordo com um artigo da BBC, várias histórias foram publicadas e partilhadas, com origens numa pequena vila no Este da Europa. Estas histórias eram fabricadas, mas as suas manchetes bombásticas estavam a gerar muitos cliques e dinheiro, para quem as escreveu. Com Donald Trump a concorrer para Presidente dos Estados Unidos, qualquer história sobre ele, verdadeira ou falsa, iria gerar muito tráfego e, claro está, dinheiro.     

O próprio Donald Trump, começou a usar e abusar do termo e de repente, esta estava em todo o lado.  

Quem criou o termo?

Após fazer alguma pesquisa, não estou 100% clara de quem criou este termo. Mas penso que não terá sido Donald Trump. Encontrei artigos que afirmam que o termo já era utilizado no Séc. XIX, Merriam-Webster escreveu também alguns exemplos em que a expressão foi utilizada no Séc. XIX. O artigo afirma ainda, que a palavra “fake” (falso) terá sido uma substituição para o homónimo “false” (falso) e do termo “false news”. 

O conceito de “Fake News” já é uma realidade há muitos séculos e, para mim, isso vai muito para além da própria expressão ou de quem, na realidade, a utilizou pela primeira vez.

Donald Trump … o criador, ou ele próprio “Fake News”?

Em 2016, Donald Trump foi eleito Presidente dos Estados Unidos e após a sua eleição, o termo foi utilizado para quase tudo. Este acusou os seus opositores políticos, ou a comunicação social que se opusesse à sua retórica de ser “Fake News”. Ele utilizou o termo como uma forma de ofender quem não concordasse com ele. Ou está do lado dele, ou é “Fake News”. Parece bastante razoável, certo?     

Mas ele tem também sido parte das “Fake News”, na realidade, é um criador frequente de “Fake News”. Por exemplo, na sua resposta à COVID-19 (ou falta dela). Desde dizer que a cloroquina, o famoso tratamento para a malaria, era eficaz contra o vírus, à sua infame conferência de imprensa dizendo às pessoas para injectar desinfectante, porque este mataria o vírus … e a eles próprios também, devo acrescentar! 

Embora falsas, estas histórias têm um impacto muito elevado e normalmente geram muito interesse. Não importa se são ridículas ou bizarras.   

Mas, o que são “Fake News”

Bom, “Fake News” são histórias fabricadas com manchetes e conteúdo sensacionalista, para atrair o máximo número de pessoas. Podem ser utilizadas para atacar um adversário político ou concorrente, pode ser utilizado para promover uma certa agenda, criar divisão na população e claro está, fazer muito dinheiro para quem as cria.