Algarve também tem vinho

Algarve também tem vinhos, embora a maioria das pessoas conheça a região pelas suas praias e atracções turisticas. A região está localizada no Sul de Portugal e há muito tempo que é conhecida como destino turistico. Na realidade, devido ao aumento maciço do turismo na região, os vinhos foram substituidos por hoteis e resorts, campos de golfe e, infelizmente, levando quase à extinção da produção vinícola. Nos últimos anos, tem havido um novo interesse em revitalizar a produção de vinho no Algarve e este acabou por salvar a região. Tem havido algum investimento na região para revitalizar a produção de algumas castas, metódos de produção novos e modernização do sector. É importante entender que alguns turistas também apreciam bons vinhos e fazer as rotas dos vinhos, por isso talvez seja a oportunidade de juntar os dois no futuro.    

A região

Situada no Sul de Portugal, o Algarve possui um clima muito específico. O mar a sul e as montanhas a norte. Existem 3 complexos montanhosos principais no Algarve, a Serra do Espinhaço de Cão, a Serra do Caldeirão e a Serra de Momchique. Estas serras desempenham um papel muito importante na produção de vinho, uma vez que protegem a região dos ventos frios do norte. O clima é quente e seco todo o ano e a região disfruta de uma média de 3000 dias de sol por ano. O deleite para turistas e também para as vinhas.

A região está dividida em 4 sub-regiões: Lagos, Lagoa, Portimão e Tavira. A maioria dos vinhos produzidos no Algarve possuem a designação de “Vinho regional do Algarve”.

As uvas

As castas tintas principais produzidas no Algarve são a Negra Mole, também chamada de Tinta Negra, e Castelão. Dentro das castas brancas temos Arinto, Malvasia Fina e Síria. Recentemente, foi também introduzida a casta internacional Syrah, que mostrou adaptar-se bastante bem ao clima da região.

Os vinhos

O clima algarvio é muito bom para a produção de  vinho e o resultados são vinhos maravilhosos muito suaves e frutados. Por isso, da próxima vez que visitar o Algarve, não se fique só pelas praias, venha provar os seus maravilhosos vinhos.

Fonte: Infovini

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *