Viagens domésticas recuperam na Austrália

Viagens domésticas recuperam na Austrália, depois da crise devido à pandemia. A Australian Aviation, afirma que os voos domésticos atingiram uns espantosos 89% do que eram antes da pandemia. O artigo diz que estes números foram atingidos em Abril, quando as fronteiras reabriram e as pessoas viajaram durante a Páscoa e fim-de-semana prolongado devido ao Dia ANZAC.    

O ACCC (Comissão Australiana para a Corrupção e Consumidor) publicou um relatório em Junho, que mostrava que 4,5 milhões de pessoas viajaram pela Austrália, em Abril. Este valor foi o valor mais elevado de passageiros domésticos, desde o início de 2020, quando começou a pandemia.   

Este mês, vimos mais um aumento do trafego aéreo, devido ao período de férias escolares. Ainda não temos estatisticas, mas penso que os números serão bastante elevados, dado que o caos verificado nos aeroportos tem sido grande.

Os problemas

A elevada procura é muito boa para o sector, mas também trouxe todo o tipo de problemas. Infelizmente, a pandemia ainda não acabou, na realidade, recentemente, a Australia tem registado um aumento significativo de casos de Covid. Isto leva a falta de pessoal e subsequentemente leva ao caos nos aeroportos e a cancelamento de voos. Para piorar as coisas ainda mais, a Costa Este foi fustigada por chuvas torrenciais e ventos destrutivos. Isto não só causa o caos em terra, onde várias vilas ficaram inundadas, mas também no ar. O mau tempo levou a ainda mais cancelamentos de voos e caos nos aeroportos.  

O futuro

Mas não é só a pandemia que impede a recuperação do turismo. Embora ainda esteja e estará a ter o seu papel neste processo. Mas existe uma crise muito mais profunda a ganhar força na Austrália, e em todo o mundo, neste momento. E esta é a crise económica. Na Austrália, a inflação está a um nível sem precedentes e o custo de vida está elevadíssimo. Com os recentes aumentos nas taxas de juros, a acessibilidade de alojamento cada vez menor. Inevitávelmente, isto irá afectar o turismo e aviação. Quando as pessoas têm dificuldade e manter um tecto acima das duas cabeças e comida na mesa, não irão planear férias, pois provavelmente não as conseguem pagar. 

Na minha opinião, isto é uma segunda “pandemia” que nos está a atingir em força. Estou estremamente contente com esta recuperação, embora esteja apreensiva no futuro. E você? Está confiante e optimista ou também se sente apreensivo?

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *