737 Max 10 poderá falhar!

737 Max 10 poderá falhar! A World of Aviation publicou um artigo dizendo que a Boeing poderá ter de desistir do seu 737 Max 10, o mais largo da família 737 Max, devido a problemas relacionados com os regulamentos.  

O 737 Max esteve envolvido numa série de acidentes que levaram à retirada deste avião de Março de 2019 a Dezembro de 2020.

Max 10 é o concorrente do Airbus A321 Neo

O Max 10 é o avião mais largo da série 737 Max. Pode levar um máximo de 230 lugares, mais 58 lugares do que Max 7. Embora tenha um alcance de viagem menor, de 6.110 km, 1020 km menos do que Max 7. Este é o concorrente da Boeing para o Airbus A321 Neo, embora o Airbus tenha especificações ligeiramente superiores a este. Pode levar um máximo de 244 passageiros,  mais 14 passageiros do que o Max 10 e tem um alcance de viagem de 7.400 Km, mais 1.2990 do que o Max 10. 

Segundo a World of Aviation, a Boeing recebeu mais de 60 encomendas, nos últimos 5 anos para o Max 10, a maioria destas vieram da American Airlines.

Os problemas

A nova lei introduzida em 2020, trouxe novos requisitos no que respeita às cabines de pilotagem. Esta lei terá efeito em Dezembro deste ano. Isto significa que a Boeing necessita de obter a certificação do avião até Dezembro. A empresa está a tentar obter uma extensão deste prazo, para o caso de não conseguir obter a certificação antes deste terminar. Se esta extensão não for concedida e a Boeing não conseguir certificar o avião, teria de recrear a cabine de pilotagem por completo.    

Dave Calhoun, o Director Executivo da Boeing, afirmou que está pronto a correr este risco, pois acredita neste avião, mas também disse que se tiver de perder a batalha o fará. Calhoun disse também que embora haja um possível risco de o avião ser cancelado, ele não acredita que esse seja o resultado mais provável.    

Esperemos que tenha razão!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *