Satisfazer expectativas do cliente

Satisfazer as expectativas dos clientes é algo muito importante para qualquer negócio. Quando se vende um produto ou serviço, deve-se estar ciente das necessidades do cliente e estar preparado para as satisfazer. O cliente deverá estar sempre seguro de receber qualidade e uma conduta profissional. Mas é também muito importante que, quer clientes quer prestadores de serviços tenham expectativas realistas e razoáveis uns dos outros. É um equilíbrio, que apenas funciona se ambas as partes se entenderem e tiverem uma excelente comunicação.

A chave para uma excelente relação profissional

A transparência é a chave. Ambas as partes deverão pôr as suas cartas na mesa. Os prestadores de serviços deverão informar os seus clientes dos seus serviços, termos e condições, preços e toda a informação de importante, para ajudá-los a tomar uma decisão. Os clientes deverão informar os prestadores de serviços do serviço que procuram, os seus termos e condições e também com toda a informação importante, para ajudar este a avaliar se é a pessoa ideal para o trabalho.

Essa boa comunicação entre as partes garantirá uma excelente relação. Os clientes sentem-se empoderados para tomar a decisão certa e escolher a pessoa mais adequada ao trabalho, constroem também uma relação de confiança com o prestador de serviços, uma vez que sabem o que podem pedir dele e o que podem alcançar juntos. Os prestadores de serviços obterão clientes de confiança, que conhecem os seus serviços e dependem deles.

O que pode correr mal

Contudo, não é sempre assim. Existem vários factores que podem quebrar este elo. Os clientes podem ter expectativas irrealistas, ou não serem flexíveis para negociar. O mesmo acontece com os prestadores de serviços.

No sector da tradução, os erros mais frequentes encontrados por tradutores são no preço e prazo de entrega. Alguns clientes, esperam que os tradutores trabalhem 24 horas por dia, 7 dias por semana por preços muito baixos. É um erro. A qualidade tem um preço e qualquer profissional tem o direito de ter uma vida equilibrada. Isto não ajuda clientes a ter o trabalho feito adequadamente e não ajuda tradutores a prestarem um bom serviço. Um profissional mal pago e com excesso de trabalho nunca dará o seu melhor. Umas horas podem marcar a diferença na qualidade do produto final. 

Para clientes, pode ser a falta de entendimento da profissão e o que esperar de profissionais linguistas. Os serviços línguísticos são normalmente desvalorizados. Existe a ideia de que é um trabalho simples, que qualquer pessoa poderá fazer em poucas horas, senão menos. Tudo o que é preciso é saber duas línguas e já está. Bom, depende do trabalho.  Uma carta simples para um amigo, pode ser realmente posto na categoria “tarefa fácil”, mas o mesmo não se poderá dizer de um relatório médico ou documento legal.

Uma boa forma de evitar estes problemas

Para clientes, a melhor forma de evitar quaisquer problemas é possuir um conhecimento profundo do trabalho que precisa e da complexidade que este possa ter. Se não levou 30 minutos a escrever o documento, será impossível que alguém o traduza adequadamente, nesse tempo. Estipule um orçamento realista, entenda que todo o serviço tem um preço. Escolha um profissional qualificado, verifique as suas especializações, para ter a certeza que é um bom perfil para o seu trabalho.  Peça 3 orçamentos (ou até mais) e analise-os, não só relativamente ao preço, mas também relativamente ao serviço oferecido. Por vezes, mais vale pagar e esperar um pouco mais e ter o trabalho feito adequadamente.

Os tradutores não são diferentes. Ter um conhecimento profundo das suas capacidades e até onde podem ir, estarem confiantes para o dizer a clientes e pôr o preço adequado no seu trabalho. Ser transparente com o cliente, fornecer-lhe toda a informação, para que este possa decidir o que é melhor para si. Faça perguntas, tenha uma boa comunicação com o cliente.

No final de contas, um bom profissional irá sempre desmarcar-se dos demais. E isto levá-lo-á a satisfazer as expectativas do cliente.

Cátia

Leave a Comment