Medo de voar?

Medo de voar? A ideia de entrar num avião fá-lo ficar doente? Eu entendo o que sente, eu também não suportava a ideia de entrar num avião, até fazer 27 anos e decidir viajar de Lisboa para Sidney! Não poderia ter sido mais extremo.

Muitas pessoas têm medo de voar, algumas podem não ter um pavor absoluto, mas ficarem bastante ansiosas quando têm de viajar. Mas se for como eu, uma vez que experimente, já não há retorno, vai adorar voar para sempre.

Bom, não necessáriamente. Muitas pessoas nunca ultrapassam o seu medo e ansiedade, embora façam o possível e o impossível para gerir o seu medo e conseguir gozar de umas férias no estrageiro.

A minha história

Sempre odiei aviões. Desde criança que nunca suportei aviões, tinha medo deles e ninguém me conseguia convencer a entrar num avião. Mas esse medo estava a impedir-me de realizar um dos meus maiores sonhos, visitar a Austrália. Portanto, algo tinha de mudar para que pudesse tornar esse sonho realidade.

Sou determinada, então, decidi que visitaria a Austrália quando tivesse idade suficiente e dinheiro para isso. Não disse a ninguém, manti o segredo para mim mesma, mas todos os anos poupava dinheiro para a minha viagem e “educava-me” em como ultrapassar o meu medo de voar.

Em 2003, chegou a altura. Marquei a minha passagem e estava pronta para viajar. Os meus pais nunca acreditaram que o fizesse. A realidade é que me tornei uma amante da aviação e hoje em dia leio e vejo tudo o que se relacione com aviões.  

Como é que isso aconteceu? Não sei bem, penso que foi o rugido dos motores e a velocidade ao longo da pista, a descarga de adrenalina que nos faz sentir vivos. Fiquei apanhada na minha primeira descolagem, assim, sem mais nem menos! Completamente apaixonada por voar, e o melhor ainda estava para vir, o meu segundo voo foi dentro de uma Rainha dos Céus. Penso que foi ela determinou o resultado. Nunca mais esquecerei o seu rugido, a sua velocidade, a sua beleza. Ela fez-me sentir apaixonada pela aviação e cá estou eu, escrevendo artigos sobre aviões todas as semanas e lendo artigos sobre eles todos os dias.

O meu conselho

Experimente! Deixe-se levar pela experiência. Se o medo de um acidente de avão é o que o aterroriza, pense que tem mais probabilidades de estar envolvido num acidente de viação, do que num aciendente de aviação. Hoje em dia, aqueles pássaros são bastante seguros, e tenho a certeza que se se deixar levar pelo momento e absorver aquela descarga de adrenalina tal como eu fiz, não lhe posso prometer que se torne amante da aviação como eu, mas penso que irá começar a gostar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *